Tradutor / Translator


English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pe. Fábio de Melo... oh God!!!



Estes dias tive a oportunidade de escutar, via televisão, mais uma pregação do Pe. Fábio de Melo. Ela datava ainda do final do ano de 2008, mas o conteúdo totalmente heterodoxo já era evidente.

Não vou me deter aos pormenores do que falou, até porque não a vi toda. Quando minha tia ligou a TV, já estava a passar e, antes que terminasse, fui dormir. Mas houve principalmente dois pontos em que a coisa simplesmente não cheirou bem. Definitivamente não parecia um católico; quanto mais um padre...

E aqui quero deixar claro o seguinte:
Padre Fábio é, de fato, Padre? Sim!
Legitimamente ordenado? Sim!
É permitido ofendê-lo como sacerdote? Quem não tiver juízo que o faça...
É permitido criticar o que ele diz ou o que faz? Se o que disser ou fizer estiver errado, não apenas é permitido, como é um dever.

Esclarecidos estes pontos que, na verdade, nem precisariam ser esclarecidos.. (mas nos tempos de hoje...), prossigamos.

Primeiramente, Pe. Fábio, numa aparente tentativa de impressionar, passou a gritar de forma exaltada coisas do tipo: "Se for pra ter uma religião que somente me faça esperar um porvir, algo etéreo que não chega nunca, eu não quero!" Dizia que algo assim aliena. Embora se possa compreender que, na verdade, o que ele pretendia dizer é que a religião nos compromete desde já, os seus termos não foram nada felizes. Parecia uma afronta a tantos santos que mais não faziam senão suspirar pela Pátria Celeste; parecia cuspir no "morro porque não morro" de Sta Teresa D'Avila e de S. João da Cruz; parecia pisar com desprezo o ensinamento de "pisar com desprezo esta terra" de S. Luís Maria Grignion de Montfort. Pe. Fábio parecia, enfim, valorizar demais esta "má noite numa má pousada", como bem escreveu Sta Teresa, em detrimento da Pátria Celeste, como quem diz que um meio é quase um fim... Parecia mesmo seguir a linha de Nietzsche, a quem por sinal citou na sua pregação, que, à promessa de Jesus sobre o Reino dos Céus, respondia: "Nós somos homens; queremos um reino da terra". Pe. Fábio de Melo parecia, enfim, estar satisfeito demais com o que a Igreja chama de "exílio". Repito que não sei das suas intenções. Talvez realmente apenas quisesse fazer notar a importância do cristianismo como fator de atuação no mundo desde já, mas, repito, seus termos não foram os mais felizes.

Depois, algo realmente ridículo! Pe. Fábio disse que, se alguém perguntasse a ele as razões de sua Fé, ele não as saberia dar. Sugeriu que isto era uma pergunta idiota, ao fazer a comparação com a suposta idiotice que é um namorado ou esposo perguntar se a namorada ou esposa o ama. Dizia que cria porque algo nele o inclinava a isto, ou coisas do tipo. Pe. Fábio por certo não aprendeu com Pedro, o primeiro papa, que recomenda expressamente que todo cristão deve estar pronto a dar as razões de sua fé (Cf 1Pd 3,15). Pe. Fábio, que faz questão de relembrar os tempos em que dava aulas na Universidade, por certo faltou esta aula tão básica.. A fé não é sentimentalice... É uma virtude intelectual. Se Pe. Fábio fosse mais católico, talvez soubesse deste algo tão básico.

Mas parece que a ele se aplica com perfeição o que escreve S. Paulo:

 "A julgar pelo tempo, já devíeis ser mestres! Contudo, ainda necessitais que vos ensinem os primeiros rudimentos da palavra de Deus; e vos tornastes tais, que precisais de leite em vez de alimento sólido!" (Hb 5,12).

Com todo respeito, Padre, verdade seja dita.

Fábio.
Blog Widget by LinkWithin

5 comentários:

  1. Acho que já ouvi essa pregação. Se não me engano, se chama "Como ter fé no sofrimento", e está disponível para ouvir aqui:

    http://www.4shared.com/file/75948757/f8600c4f/COMO_TER_F_NO_SOFRIMENTO.html?s=1

    Abraços.

    Salve Maria Santíssima!

    ResponderExcluir
  2. Ótimo, Everth!
    Quem tiver paciência, pode escutar...

    ResponderExcluir

Fique à vontade para comentar. Mas, se for criticar, atenha-se aos argumentos. Pax.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...